terça-feira, 20 de janeiro de 2009

?????

Seriamos - nós... Um único ser,
Portadores da mesma doença,
Sorrisos de uma única face,
Devotos da mesma crença.
Geradores de tudo o que nasce?

Seriamos - nós... Um vislumbre dos mesmos olhos,
Aquele que almeja a imortalidade
Que nunca enxergou,
Buscando fazer parte de uma só vida
De um único coração que pulsou?

Seriamos - nós... O alvo
Da mesma sutil vingança,
Tentando destruir o triste passado
Apunhalando qualquer lembrança?

Seriamos - nós... Vermes seqüelados,
Monstros disfarçados,
Vivendo na lamentação,
Cuspindo na própria cara
Frente a espelhos desse mundo pagão?

Seriamos - nós... Iludidos ou ilusão é viver?
Infelizmente ou felizmente,
Tudo se acaba
E será que em nada podemos crer?

Seriamos - nós... Um só corpo,
Manipulado feito fantoche,
Arrancando risos dos sábios
Que nos olham com deboche?

Seriamos - nós... Um corvo carniceiro,
Debruçados sobre aquilo
Que mata a sua fome,
Extigando sua ansia
E a ganância com que se come?

Seriamos - nós... Caçadores do tempo,
Perdidos procurando o que nunca fomos,
Mas será que existe tempo?
Ou o tempo é o que somos?

By – Juliana Bizarria

2 comentários:

Nina H disse...

ranca-tampo.

ancermo disse...

Perguntas ao tempo...só ele pode responder